Bubbles limpas

BRONQUIECTASIAS

O QUE É BRONQUIECTASIAS?

 

Bronquiectasia é uma dilatação (“ectasia”) anormal e geralmente irreversível que afeta os brônquios, resultante da destruição do componente elástico e muscular de suas paredes. Importante ressaltar que nem todo tipo de bronquiectasia é considerada patológica. Muitas vezes trata-se apenas de uma sequela de alguma infecção pulmonar no passado e que não tem relevância clínica. Outras vezes elas podem ser bastante sintomáticas e causarem infecções respiratórias e pneumonias de repetição. 

QUAIS SÃO AS CAUSAS DE BRONQUIECTASIAS?

A bronquiectasia pode ser causada por diversas doenças, por episódios repetidos de infecção pulmonar, por doenças genéticas,em pessoas que tem problemas com o funcionamento do seu sistema imunológico, por sequelas de doenças ocorridas na infância como sarampo por exemplo, por aspiração recorrente de secreções vindas das vias aéreas superiores como a rinosinusite crônica. Outras doenças como DPOC, asma grave ou doença pulmonar intersticial  e o refluxo gastroesofágico também podem predispor o surgimento de bronquiectasias. 

QUAIS SÃO OS SINTOMAS PRINCIPAIS DE BRONQUIECTASIAS?

  • Tosse crônica

  • Expectoração crônica, que muitas vezes é amarelada, podendo ser com sangue

  • Falta de ar

  • Infecções repetidas nas vias respiratórias e nos pulmões

 

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DE BRONQUIECTASIAS?

 

A avaliação diagnóstica envolve a identificação das bronquiectasias através de exames de tomografia computadorizada, porém o mais importante é a identificação da causa etiológica, o que vai permitir interromper a piora do quadro.

QUAL É O TRATAMENTO PARA BRONQUIECTASIAS?

 

Os objetivos do tratamento das bronquiectasias são: evitar ou limitar dano adicional ao parênquima pulmonar; prevenir ou reduzir a frequência de exacerbações; manter uma boa qualidade de vida do paciente. O tratamento varia de caso para caso, mas normalmente inclui:  uso de antibióticos (orais ou inalatórios), medicações inalatórias (broncodilatadores) e fisioterapia respiratória. Para inflamação e acúmulo de muco, a umidificação do ar e a hidratação podem ajudar. Outras recomendações gerais envolvem ainda manter boa nutrição, realizar atividade física regular, evitar o tabagismo.

Vacinação anual para gripe e vacinas para pneumonia são mandatórias.

Uma avaliação detalhada com o pneumologista poderá definir qual a melhor  estratégia de tratamento, personalizando caso a caso. 

DR. CESAR CASTELLAN

PNEUMOLOGISTA

CREMERS 18204 | RQE 8919

Prefere telefonar?

Clique aqui

CONSULTÓRIOS EM PORTO ALEGRE/RS:

24 de Outubro, 1681. Sala 301 e 302 - Moinhos de Vento. Tel. (51) 3333.2692 | WhatsApp (51) 99911.0395

Andradas, 1727. Sala 85 - Centro. Tel. (51) 3221.7574

  • icone_edited
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

© 2020 Dr. Cesar Castellan. Todos os direitos reservados.